quinta-feira, 25 de fevereiro de 2010

Eu quero essa estação de trabalho da Quatro Design

Essa estação de trabalho é um conceito original desenvolvida pelo dinamarquês Studio Quatro Design. Incluindo uma lâmpada móvel, uma plataforma portátil, um local para o café e telefone e, armazenamento de periféricos e cabos. Um projeto concebido por Patricia Terrazas.



work_1_01_b

work_1_03_b

sexta-feira, 19 de fevereiro de 2010

Casa dos Simpsons de verdade

quinta-feira, 4 de fevereiro de 2010

iPad vs Tablet do Google, qual a melhor opção?

VS

http://images.apple.com/ipad/home/images/over_100k_apps_20100127.png



Qual será a melhor tablet? Da Apple ou do Google?

Vou dar minha opinião baseada na minha experiência como usuário.
São focos diferentes. Google é voltado pra internet 100% e quer que o futuro seja "computação de nuvem", ou seja, todos os serviços rodando no servidor controlado pelo Google.

A Apple investe em máquinas (Macs, tablets, iPhones) cada vez mais potentes e abomina os NetBooks (Notebooks voltados para Internet), o Google quer que o futuro seja esses computadores que na minha opinião são uma droga, pois são desconfortáveis de usar, tela pequena, teclado miniatura, baixa capacidade de processamento, pouca memória, enfim, um verdadeiro lixo.

O Google defende que o sonho de todos os usuários de computadores é que quando seja ligado o equipamento, em segundos já se esteja na Internet (tem isso no vídeo que apresenta seu sistema operacional), eu discordo, não preciso disso pois não trabalho diretamente na Internet, trabalho com Aplicativos como Photoshop, InDesign, Illustrator, Final Cut Pro, After Effects e por aí vai. Esses programas só usam a Internet pra atualização e o que eles precisam mesmo é performance, ou seja, um hardware realmente potente e um sistema operacional estável, como o MacOSX. Imagina um aplicativo desse rodando em um Netbook via Internet. Bem, eu não consigo imaginar. Ainda mais no Brasil, com as conexões de Internet que temos por aqui.

Essa analogia você pode levar para as tablets. A iPad é realmente um equipamento de primeira, com a melhor tecnologia que a Apple tem e com certeza vai ter a maior performance do mercado quando todas as tablets estiveram nas mãos dos usuários.

Sobre que não tem na iPad e no iPhone que a maioria das pessoas estão morrendo de tanto reclamar como multitarefa, Flash, etc. Realmente eu comparo essas reclamações como o grito que as pessoas davam quando reparavam que o primeiro iMac colorido não trazia mais disquetes de 1.44mb. Isso era um absurdo pra época pois TODOS os computadores vinham com drive de disquete, hoje em dia eu pergunto: quem usa disquete?

A mesma coisa o Flash que é fundamental para transmissão de vídeo na Internet por exemplo, mas, isso só acontece pois a maiorias dos desenvolveres web ainda não adotaram o HTML 5 que já transmite vídeo vídeo e áudio sem a ajuda do Flash e o Youtube e o Vimeo já estão testando sua versão em HTML 5 que quando for adotado pro todos, tchau Flash. Além do mais, o Flash é responsável pela maiorias dos travamentos dos navegadores.

Quanto à multitarefa, o iPhone OS usado no iPhone e iPad é sim multitarefa, não é multiplicativos e eu acho uma boa isso nesses dispositivos pelo simples fato de que em um celular ou qualquer dispositivo móvel o que você mais precisa é que sua bateria dure e enchendo a memória de aplicativos abertos isso não vai acontecer. Aí eu pergunto, como vivem os quase 60 milhões de usuários de iPhone OS atuais que vivem sem Flash e sem múltiplos aplicativos em seus aparelhos? Eles precisam mesmo disso?
Sobre múltiplos aplicativos abertos, acho que é um direito do usuário já que ele tem isso nos computadores, mas é apenas uma questão de atualização e a hora que a Apple quiser ela libera essa função, basta querer.

Agora a grande vantagem mesmo da Apple em relação a todos seus concorrentes é a enorme quantidade de aplicativos que já existem pra iPhone e iPad, mais de 140.000 e mais de 3 bilhões de downloads em apenas 18 meses. Esses números metem medo em qualquer um fabricante na hora de começar uma disputa com a Maça.

Essa discussão é enorme e eu vou parando por aqui. Em outro post eu continuo mas, tudo isso me cheira a quando lançaram o iPhone e todo mundo riu e meteu o pau e hoje, apenas 2 anos depois, a Apple já é maior que a Nokia no mercado de celulares.

terça-feira, 2 de fevereiro de 2010

''Avatar'' e ''Guerra ao Terror'' lideram indicações ao Oscar

Divulgação

A lista dos indicados ao 82º Oscar da Academia de Hollywood foi anunciada nesta terça-feira (dia 2/fev) em Los Angeles, nos EUA. "Avatar", de James Cameron, e "Guerra ao Terror", de Kathryn Bigelow, receberam nove indicações, entre elas a de melhor filme e de melhor diretor.

Melhor Filme

''Avatar''
"The Blind Side''
"Distrito 9"
"Educação"
"Guerra ao Terror"
"Bastardos Inglórios"
"Preciosa"
"A Serious Man"
"Amor sem Escalas"
"Up - Altas Aventuras''

Melhor Diretor

Kathryn Bigelow ("Guerra ao Terror")
James Cameron ("Avatar")
Jason Reitman ("Amor Sem Escalas")
Quentin Tarantino ("Bastardos Inglórios")
Lee Daniels ("Preciosa")

Melhor Ator

Jeff Bridges ("Crazy Heart")
Morgan Freeman ("Invictus")
Jeremy Renner ("Guerra ao Terror")
George Clooney ("Amor Sem Escalas")
Colin Firth ("A Single Man")

Melhor Atriz

Sandra Bullock ("Um Sonho Possível")
Meryl Streep ("Julie & Julia")
Carey Mulligan ("Educação")
Helen Mirren ("The Last Station)
Gaboury Sidibe ("Preciosa")

Melhor Ator Coadjuvante

Christoph Waltz ("Bastardos Inglórios")
Woody Harrelson ("O Mensageiro")
Matt Damon ("Invictus")
Stanley Tucci ("Um Olhar do Paraíso")
Christopher Plummer ("The Last Station")

Melhor Atriz Coadjuvante

Mo’Nique ("Preciosa")
Anna Kendrick ("Amor Sem Escalas")
Vera Farmiga ("Amor Sem Escalas")
Maggie Gyllenhaal ("A Single Man")
Penelope Cruz ("Nine")

Melhor Roteiro Original

Quentin Tarantino ("Bastardos Inglórios")
Mark Boal ("Guerra ao Terror")
Joel e Ethan Coen ("Um Homem Sério")
Alessandro Camon e Oren Moveman (''O Mensageiro")
Bob Peterson e Pete Docter ("Up - Altas Aventuras")

Melhor Roteiro Adaptado

Jason Reitman e Sheldon Turner ("Amor Sem Escalas")
Neill Blomkamp ("Distrito 9")
Nick Hornby ("Educação")
Geoffrey Fletcher ("Preciosa")
Jesse Armstrong, Samon Blackwell, Armando Iannucci e Tony Roche ("In the Loop")

Melhor Animação

"Coraline e o Mundo Secreto"
"O Fantástico Sr. Raposo"
"A Princesa e o Sapo"
"The Secret of Kells"
"Up - Altas Aventuras"

Melhor Direção de Arte

Rick Carter, Robert Stromberg, Kim Sinclair ("Avatar")
Dave Warren, Anastasia Masaro, Caroline Smith ("O Mundo Imáginário do Dr. Parnassus")
John Myhre, Gordon Sim ("Nine")
Sarah Greenwood, Katie Spencer ("Sherlock Holmes")
Patrice Vermette, Maggie Gray ("The Young Victoria")

Melhor Fotografia

Mauro Fiore ("Avatar")
Bruno Delbonnel ("Harry Potter e o Enigma do Príncipe")
Barry Ackroyd ("Guerra ao Terror")
Robert Richardson ("Bastardos inglórios")
Christian berger ("A Fita Branca")

Melhor Figurino

Janet Patterson ("Bright Star")
Catherine Leterrier ("Coco Antes de Chanel")
Monique Prudhomme ("O Mundo Imaginário do Dr. Parnassus")
Colleen Atwood ("Nine")
Sandy Powell ("The Young Victoria")

Melhor Documentário

"Burma VJ", de Anders Østergaard and Lise Lense-Møller
"The Cove"
"Food, Inc.", de Robert Kenner and Elise Pearlstein
"The Most Dangerous Man in America: Daniel Ellsberg and the Pentagon Papers", de Judith Ehrlich and Rick Goldsmith
"Which Way Home", de Rebecca Cammisa

Melhor Documentário de Curta-metragem

"China's Unnatural Disaster: The Tears of Sichuan Province", de Jon Alpert e Matthew O'Neill
"The Last Campaign of Governor Booth Gardner", de Daniel Junge e Henry Ansbacher
"The Last Truck: Closing of a GM Plant", de Steven Bognar e Julia Reichert
"Music by Prudence", de Roger Ross Williams e Elinor Burkett
"Rabbit à la Berlin", de Bartek Konopka e Anna Wydr

Melhor edição

Stephen Rivkin, John Refoua e James Cameron ("Avatar")
Julian Clarke ("Distrito 9")
Bob Murawski e Chris Innis ("Guerra ao Terror")
Sally Menke ("Bastardos Inglórios")
Joe Klotz ("Preciosa")

Melhor Maquiagem

Aldo Signoretti e Vittorio Sodano ("Il Divo")
Barney Burman, Mindy Hall e Joel Harlow ("Star Trek")
Jon Henry Gordon e Jenny Shircore ("The Young Victoria")

Melhor Trilha Original

James Horner ("Avatar")
Alexandre Desplat ("O Fantástico Sr. Raposo")
Marco Beltrami e Buck Sanders ("Guerra ao Terror")
Hans Zimmer ("Sherlock Holmes")
Michael Giacchino ("Up - Altas Aventuras")

Melhor Canção Original

"Almost There", de "A Princesa e o Sapo" (Música e Letra de Randy Newman
"Down in New Orleans", de "A Princesa e o Sapo" (Música e Letra de Randy Newman
"Loin de Paname", de "Paris 36" (Música de Reinhardt Wagner; Letra de Frank Thomas)
"Take It All", de "Nine" (Música e Letra de Maury Yeston)
"The Weary Kind (Theme from Crazy Heart)", de "Louco Amor" (Música e Letra de Ryan Bingham e Tibone Burnett)

Melhor curta de animação

"French Roast", de Fabrice O. Joubert
"Granny O'Grimm's Sleeping Beauty", de Nicky Phelan e Darragh O'Connell
"The Lady and the Reaper (La Dama y la Muerte)", de Javier Recio Gracia
"Logorama", de Nicolas Schmerkin
"A Matter of Loaf and Death", de Nick Park

Melhor Curta-metragem de Ficção

"The Door", de Juanita Wilson e James Flynn
"Instead of Abracadabra", de Patrik Eklund e Mathias Fjellström
"Kavi", de Gregg Helvey
"Miracle Fish", de Luke Doolan e Drew Bailey
"The New Tenants", de Joachim Back e Tivi Magnusson

segunda-feira, 1 de fevereiro de 2010

Feliz dia do Publicitário!

Para comemorar o nosso dia, o dia do publicitário, alguns anúncios clássicos no imaginário popular brasileiro.


































Apple iPad

Não sei vocês mas eu vou comprar uma iPad.



hardware-04-20100127

hero_20100127

iwork_20100127

gallery-software-safari-20100127

gallery-software-photos-20100127

gallery-software-video-20100127

gallery-software-youtube-20100127

gallery-software-ipod-20100127

gallery-software-itunes-20100127

gallery-software-appstore-20100127

gallery-software-ibooks-20100127

gallery-software-maps-20100127

led_20100127

multi_touch_20100127

performance_20100127

connect_20100127